"Os cágados vão à escola" em Celorico da Beira


No dia 26 de Maio de 2014 decorreu uma acção de sensibilização sobre cágados em duas escolas de Celorico da Beira.


Durante a primeira parte da manhã foram realizadas duas palestras na escola de S. Pedro para um total de cerca de 80 alunos e respectivos professores.



Seguindo a metodologia das acções anteriores relacionadas com este projecto, os alunos foram informados previamente e trouxeram os cágados exóticos que têm em casa para que fosse feita a identificação da espécie.



Mais uma vez foi possível detectar que para além de espécies de venda legal continuam a ser comercializadas espécies ilegais, como é o caso da tartaruga-de-orelhas-amarelas (Trachemys scripta scripta).


Um dos objectivos destas acções é precisamente a sensibilização para a problemática das espécies invasoras e o seu impacto nas espécies autóctones. 


Por isso, uma das formas de comunicação é a utilização do conto "Mauro e Emilia", elaborado pelo Parque Biológico de Gaia, a quem agradecemos a cedência das ilustrações, no âmbito do projecto LIFE Trachemys


A segunda parte da manhã decorreu na escola de Santa Luzia e contou com a participação de cerca de 70 alunos e respectivos professores.


Além da problemática das espécies exóticas invasoras foram abordados outros aspectos relacionados com a conservação do cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa) e o cágado-de-carapaça-estriada (Emys orbicularis), que ainda são espécies autóctones relativamente desconhecidas para a maior parte da população.


O CERVAS agradece ao Município de Celorico da Beira o grande interesse na temática e a disponibilidade para organização das acções e também aos alunos e professores das escolas visitadas.

Comentários

Anónimo disse…
Uma excelente iniciativa de sensibilização. Só espero que tenham explicado que uma tartaruga não vive num "rim" ou numa bacia com água.

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato no Festival Músicas do Bosque

Devolução à Natureza de 1 gaio na Mata da Cerca com o Club Camões

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Devolução à Natureza de um tartaranhão-ruivo-dos-pauis na Figueira da Foz

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto

II passeio de observação de aves e devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Marmeleira, Mortágua.