Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2018

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato em Coimbra


No dia 31 de Maio de 2018 foi devolvida à Natureza uma coruja-do-mato (Strix aluco) na Escola Superior Agrária de Coimbra.



Esta acção foi integrada nas actividades de uma festa de aniversário nas instalações da Associação Nacional dos Animadores Sociais (ANAS), a convite do aniversariante e da sua família, padrinhos de vários animais em recuperação no CERVAS.



Esta coruja-do-mato foi a primeira cria a ingressar em 2018, após queda do ninho, e tinha sido encontrada num jardim da cidade de Coimbra e encaminhada para o CERVAS pelo SEPNA/GNR de Coimbra e ICNF.



O processo de recuperação consistiu em alimentação adequada e contacto permanente com outras aves da mesma espécie, de diferentes idades, para socialização, treino de voo e caça.



O CERVAS agradece à Filipa, ao Francisco e à respectiva família, pelo convite e pelo apoio que têm dado ao trabalho do centro e também à ANAS pela parceria.

O CERVAS participou na 2ª edição do Observarribas em Miranda do Douro


Entre 25 e 27 de Maio de 2018 o CERVAS participou na 2ª edição do Observarribas - Festival Ibérico de Natureza das Arribas do Douro, que decorreu em Miranda do Douro.



Durante os 3 dias do evento o CERVAS dinamizou um espaço de divulgação do seu trabalho e realizou várias oficinas sobre fauna selvagem para crianças de escolas da região e para o público em geral.




O Observarribas 2018 incluiu uma grande variedade de actividades, desde saídas de campo e passeios de barco até actividades para crianças, música e palestras, nas quais participaram centenas de pessoas de Portugal e Espanha.





O CERVAS / Associação ALDEIA agradece à Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e restantes parceiros do LIFE Rupis, bem como ao Município de Miranda do Douro, pelo convite e continua disponível para futuras actividades.

O CERVAS dinamizou 3 workshops de recuperação de aves selvagens nos Açores


Entre 14 e 19 de Maio de 2018 o CERVAS colaborou com a Direcção Regional dos Assuntos do Mar (DRAM) / Governo dos Açores na dinamização de 3 workshops.




Estas acções foram dedicadas ao tema da recuperação de aves selvagens e a sua organização foi realizada no âmbito do projecto LuMinAves.




A primeira acção decorreu em Ponta Delgada, S. Miguel nos dias 14 e 15 de Maio, local onde foi recentemente inaugurado um centro de recuperação de aves selvagens e onde o CERVAS já tinha dinamizado outras acções semelhantes em 2013 (Ponta Delgada e Povoação).




O segundo workshop teve lugar  a 16 e 17 de Maio no Pico, onde funciona o centro de recuperação de aves selvagens desde 2014, ano em que o CERVAS também dinamizou uma acção nesta ilha.




Finalmente, a 18 e 19 de Maio, foi realizado o workshop na ilha do Corvo, onde nunca tinha sido realizada nenhuma acção deste género, e onde está instalado o centro de recuperação mais antigo da rede de centros do arquipélago dos Açores.




Em todas as acções houve um primeiro dia de comunicações orais onde o CERVAS apresentou o seu trabalho e abordou temas relacionados com captura, contenção, exame físico e casos clínicos mais frequentes em aves que ocorrem nos Açores, sendo o segundo dia totalmente prático de forma a permitir aos formandos o treino de várias técnicas básicas.




O CERVAS agradece à DRAM / Governo dos Açores pelo convite e por toda a colaboração, em especial à Sofia Garcia, à Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) - Açores pelo apoio, e está disponível para continuar a colaborar para que a rede de centros de recuperação de aves do arquipélago continue a evoluir.