Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2018

Devolução à Natureza de 1 coruja-das-torres em Covas, Tábua.


No dia 25 de Agosto de 2018 foi devolvida à Natureza uma coruja-das-torres (Tyto alba) em Covas, concelho de Tábua.



Esta ave tinha sido resgatada de um recipiente com água pelos proprietários da quinta, que assim a salvaram de morrer afogada, e que a encaminharam de imediato para o CERVAS através do SEPNA/GNR da Lousã.



Após um curto período de recuperação a ave foi devolvida à Natureza pelas pessoas que a salvaram, no mesmo local onde tinha sido recolhida.



Devolução à Natureza de 2 corujas-do-mato em Bobadela, Oliveira do Hospital


No dia 25 de Agosto de 2018 foram devolvidas à Natureza duas corujas-do-mato (Strix aluco) em Bobadela, Oliveira do Hospital.



Estas aves tinham sido encontradas quando ainda eram pequenas crias, uma dentro de uma habitação e outra no meio da estrada, a curta distância uma da outra na mesma aldeia, em dias diferentes.



O processo de recuperação consistiu em alimentação, treino de voo, caça e socialização com outras aves da mesma espécie, de diferentes idades.



A devolução à Natureza decorreu numa área florestal a curta distância do local onde as corujas tinham sido encontradas.



Devolução à Natureza de 1 bútio-vespeiro em Gouveia


No dia 24 de Agosto de 2018 foi devolvido à Natureza um bútio-vespeiro (Pernis apivorus) no Curral do Negro, em Gouveia.



Esta ave tinha ingressado no CERVAS no final do Verão de 2017 com uma fractura numa das asas, provocada por um tiro, e o seu longo processo de recuperação consistiu em tratamento da fractura, treino de voo, muda de penas e socialização com outra ave da mesma espécie, entretanto também libertada.



A devolução à Natureza decorreu num local onde o bútio-vespeiro ocorre regularmente e numa época em que esta espécie ainda está presente no nosso território, ainda a tempo de poder cumprir a sua migração para África.




Devolução à Natureza de 4 mochos-d´orelhas em Vila Nova de Tazem


No dia 20 de Agosto de 2018 foram devolvidos à Natureza 4 mochos-d´orelhas (Otus scops) em Vila Nova de Tazem, Gouveia.




Estas aves tinham ingressado no CERVAS quando eram pequenas crias, após queda e/ou saída precoce do ninho e o processo de recuperação consistiu em alimentação, treino de voo e socialização com outras aves da mesma espécie, de diferentes idades.




A devolução à Natureza decorreu ao final da tarde numa zona florestal próxima do local de origem de um dos mochos.




Devolução à Natureza de 1 águia-calçada em Barril de Alva, Arganil


No dia 18 de Agosto de 2018 foi devolvida à Natureza uma águia-calçada (Aquila pennata) em Barril de Alva, durante o mercado mensal que ocorre naquela localidade junto ao rio.



Esta ave de rapina migratória tinha sido encontrada no chão quando era uma pequena cria e o seu processo de recuperação consistiu em alimentação, treino de voo e socialização com outros indivíduos.



O CERVAS agradece a todas as pessoas que assistiram e apoiaram o trabalho do centro e em especial ao grande voluntário John Butt pelo enorme apoio na dinamização da acção e na angariação de fundos.






Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato e 1 andorinha-dos-beirais no campo de trabalho internacional na Villa Forest


No dia 16 de Agosto de 2018 o CERVAS participou num campo de trabalho internacional organizado pela BioLiving e Living Place - Animação Turística que decorreu em Pampilhosa, Mealhada.



Após uma breve oficina dedicada às aves de rapina nocturnas foram devolvidas à Natureza duas aves selvagens recuperadas no CERVAS.




Em primeiro lugar foi libertada uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum) que tinha sido encontrada no chão quando era uma pequena cria.



De seguida foi libertada uma coruja-do-mato (Strix aluco) que também tinha chegado ao centro quando ainda era uma pequena cria, após saída precoce do ninho.



O CERVAS agradece à Living Place e à BioLiving pelo convite e pelo apoio ao trabalho do centro e continua disponível para futuras acções em parceria.



Devolução à Natureza de 1 garça-real em parceria com o Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa em Mortágua


No dia 16 de Agosto de 2018 foi devolvida à Natureza uma garça-real (Ardea cinerea) no Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa em Mortágua.




Tal como noutra acção anterior, o CERVAS contou com a parceria da equipa de animação do hotel para a realização de uma sessão pedagógica de educação ambiental que antecedeu a libertação da ave.




Esta ave tinha ingressado no CERVAS num estado de magreza extrema, com cerca de metade do peso ideal, e o processo de recuperação consistiu em alimentação e treino de voo durante quase três semanas.




O CERVAS agradece ao Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa por mais esta oportunidade de divulgação do seu trabalho e continua disponível para futuras acções em parceria.