Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2019

Devolução à Natureza de 1 abelharuco em Gouveia


No dia 31 de Julho de 2019 foi devolvido à Natureza um abelharuco (Merops apiaster) em Gouveia.



Esta ave tinha sido encontrada com uma lesão numa das asas e o processo de recuperaçao consistiu em imobilização do membro afectado, alimentação com insectos, treino de voo e socialização com outras aves da mesma espécie.



A devolução à Natureza foi realizada num local onde a espécie ocorre nesta época do ano, numa altura de passagem de um grupo de abelharucos em migração para África.



Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato em Gouveia


No dia 27 de Julho de 2019 foi devolvida à Natureza uma coruja-do-mato (Strix aluco) em Gouveia.



Esta ave tinha sido encontrada no chão quando era uma pequena cria e o processo de recuperação consistiu em alimentação, treino de voo e caça em contacto com outras aves da mesma espécie, de diferentes idades.



A devolução à Natureza decorreu na Mata da Cerca, com a colaboração das candidatas a Miss Serra da Estrela 2019, Teatro Escola Velha e outras pessoas.



Devolução à Natureza de 1 coruja-das-torres em Gouveia


No dia 26 de Julho de 2019 foi devolvida à Natureza em Gouveia uma coruja-das-torres (Tyto alba).



Esta ave tinha sido vítima de atropelamento e apresentava uma fractura numa asa no momento do ingresso no CERVAS.



O processo de recuperação demorou vários meses e consistiu em imobilização do membro afectado e posteriomente treino de voo e caça em contacto com outras aves da mesma espécie.



Devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Gouveia


No dia 25 de Julho de 2019 foi devolvido à Natureza um milhafre-preto (Milvus migrans) em Gouveia.



Esta acção decorreu durante a visita de vários grupos ao CERVAS, nomeadamente o Serra Summer Camp, Escuteiros de Póvoa de Santo Adrião e campo de férias de S. Salvador (Viseu).



Esta ave tinha ingressado no CERVAS com a plumagem suja e o processo de recuperação consistiu em limpeza das penas, alimentação adequada e treino de voo em contacto com outras aves de rapina diurnas.



O CERVAS agradece a todas as entidades e grupos que visitaram e apoiaram o trabalho do centro e está disponível para futuras acções em parceria.



O CERVAS recebeu a visita de jovens da Paróquia de S. João de Ver, Santa Maria da Feira


No dia 24 de Julho de 2019 o CERVAS recebeu a visita de jovens da Paróquia de S. João de Ver, Santa Maria da Feira.



Durante as duas visitas, um grupo de tarde e outro de manhã, os jovens puderam conhecer o trabalho do CERVAS e parte das instalações, bem como algumas das espécies que ingressam com maior frequência.



No final de ambas as visitas foram devolvidos à Natureza andorinhões, um pálido (Apus  pallidus) e um preto (Apus apus), que estavam em recuperação no CERVAS.




O CERVAS agradece ao Município de Gouveia pela organização da visita, em especial ao Joel Correia, e aos jovens da Paróquia de S. João de Ver pelo interesse.

O campo de férias da Fundação A Nossa Casa visitou o CERVAS


No dia 24 de Julho de 2019 o CERVAS recebeu a visita de crianças e educadoras do campo de férias da Fundação A Nossa Casa, de Gouveia.



Durante a visita foram apresentadas algumas das espécies que ingressam mais frequentemente, com destaque para aquelas que se encontram actualmente em recuperação no centro, bem como algumas das áreas de trabalho.



No final foi devolido à Natureza um andorinhão-pálido (Apus pallidus) juvenil que estava em recuperação no centro após queda do ninho.




O CERVAS agradece à Fundação A Nossa Casa pela visita e continua disponível para futuras acções em parceria.

O CERVAS participou no "Ciência em Lugares Improváveis no Geopark Estrela" em Avô, Oliveira do Hospital


No dia 23 de Julho de 2019 o CERVAS colaborou com o Geopark Estrela na dinamização de uma acção "Ciência em Lugares Improváveis" na praia fluvial de Avô em Oliveira do Hospital.




A primeira parte da actividade consistiu numa saída de campo para identificação de aves, durante a qual foi possível registar 24 espécies na praia fluvial e área envolvente.



Ao final da manhã, com habitantes locais, turistas, crianças em campos de férias e representantes de instituições foi realizada uma breve oficina sobre aves de rapina diurnas e a devolução à Natureza de um milhafre-preto (Milvus migrans) juvenil recuperado no CERVAS.




O CERVAS agradece ao Geopark Estrela pelo convite e à Junta de Freguesia de Avô pela colaboração e está disponível para futuras acções em parceria.