Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2019

Devolução à Natureza de 36 andorinhões


Entre Julho e Outubro de 2019 foram devolvidos à Natureza 36 andorinhões, pretos (Apus apus) e pálidos (Apus pallidus).





No total ingressaram 55 andorinhões vivos, tendo sido possível devolver à Natureza cerca de 65% dos indivíduos, maioritariamente crias que tinham saído precocemente do ninho.





O CERVAS agradece a todos os voluntários, estagiários, técnicos e colaboradores pelo esforço na recuperação destas aves, que necessitam de ser alimentadas com grande frequência, com uma dieta que tem que ser exclusivamente de insectos.







Devolução à Natureza de 2 cágados-mediterrânicos no rio Alva


No dia 24 de Outubro de 2019 o CERVAS dinamizou uma sessão sobre cágados na Escola Básica de Ponte das Três Entradas em Oliveira do Hospital.



A primeira parte da acção consistiu numa palestra sobre identificação e conservação das espécies de cágados autóctones, com uma breve abordagem à problemática das espécies de tartarugas invasoras, ao que se seguiu a devolução à Natureza de dois cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa) que foram entregues voluntariamente por um particular que os tinha em cativeiro (ilegal).



O CERVAS agradece aos professores e alunos por mais esta acção em parceria e continua disponível para futuras actividades de Educação Ambiental.


Palestras sobre observação de aves em escolas de Fornos de Algodres


No dia 21 de Outubro de 2019 o CERVAS colaborou com o Município de Fornos de Algodres na dinamização de duas sessões sobre observação de aves dirigidas a crianças e professores das escolas da sede de concelho e Figueiró da Granja.



Estas acções tiveram como principais objectivos continuar a despertar o interesse da comunidade escolar na biodiversidade local, contribuir para um maior conhecimento sobre as aves que existem no concelho, bem como o potencial pedagógico e turístico da actividade de observação de aves.



O CERVAS agradece ao Município de Fornos de Algodres pela colaboração e interesse que continua a demonstrar neste tema e à comunidade escolar pela receptividade e entusiasmo.


Devolução à Natureza de 1 coruja-das-torres em Leiria


No dia 18 de Outubro de 2019 foi devolvida à Natureza uma coruja-das-torres (Tyto alba) em Ortigosa, Leiria.



Esta acção foi integrada num programa de actividades de educação ambiental organizado pela Living Place - Animação Turística e a Ricoh Portugal.



O CERVAS agradece à equipa da Living Place por mais este convite e oportunidade de divulgação do trabalho do centro e a todos os membros da Ricoh pelo interesse e entusiasmo.



Devolução à Natureza de 1 mocho-galego no II Festival Ciência Viva do Vale do Côa


No dia 17 de Outubro de 2019 o CERVAS participou no II Festival Ciência Viva do Vale do Côa que decorreu em Figueira de Castelo Rodrigo, organizado pela Plataforma Ciência Aberta.


A primeira parte da acção consistiu numa breve oficina sobre aves de rapina nocturnas com jovens de escolas da região.


De seguida, numa zona agrícola próxima do local do evento, foi devolvido à Natureza um mocho-galego (Athene noctua) que tinha estado em recuperação no CERVAS.


O CERVAS felicita a Plataforma Ciência Aberta pelo excelente evento, agradece o convite e está disponível para futuras actividades em parceria.

Fim de Semana Europeu de Observação de Aves 2019 na Serra da Estrela


Nos dias 5 e 6 de Outubro de 2019 decorreu o Fim de Semana Europeu de Observação de Aves 2019, coordenado em Portugal pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA).




Na Serra da Estrela as saídas de campo decorreram durante dois dias e foram organizadas pelo Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE) / Município de Seia, CERVAS / Associação ALDEIA, Aldeias de Montanha e Município de Fornos de Algodres.




Foram visitados vários locais dos concelhos de Seia, Gouveia, Fornos de Algodres, Manteigas e Covilhã, tendo sido registadas 74 espécies de aves, com destaque para vários abutres-pretos (Aegypius monachus), grifos (Gyps fulvus) e ainda águia-real (Aquila chrysaetos) e frango-d´água (Rallus aquaticus).





Foram ainda devolvidas à Natureza uma águia-calçada (Aquila pennata) que tinha ingressado no CERVAS debilitada e uma coruja-das-torres (Tyto alba) que tinha chegado quando era uma cria.







O CERVAS agradece a todos os participantes e a todas as entidades envolvidas na organização do evento, que continuará nos próximos anos!