Mensagens

O CERVAS participou na comemoração do Dia Mundial da Árvore e da Floresta no Parque Ambiental de Cavernães em Viseu


No dia 21 de Março de 2019 decorreram no Parque Ambiental de Cavernães, em Viseu, as comemorações do Dia Mundial da Árvore e da Floresta.



O CERVAS foi convidade pelo Rotary Club de Viseu e pelo SEPNA/GNR de Viseu para dinamizar uma acção de sensibilização dedicada à fauna selvagem dirigida às crianças da região e respectivos educadores.



No final da manhã, após as várias oficinas que foram dinamizadas por diversas entidades presentes no evento, foi devolvido à Natureza um gavião (Accipiter nisus) que tinha colidido contra uma janela e que por essa razão tinha estado no CERVAS, onde recuperou de duas fracturas que apresentava numa das asas.



O CERVAS agradece à organização do evento pelo convite e oportunidade de divulgação do trabalho do centro e está disponível para futuras acções em parceria.


Escolas do Fundão visitaram o CERVAS


No dia 12 de Março de 2019 o CERVAS recebeu a visita de crianças e professoras de várias escolas do concelho do Fundão.



À semelhança de anos anteriores, esta visita foi organizada pelos Municípios do Fundão e de Gouveia, e as crianças também visitaram as instalações do Parque Ecológico de Gouveia.



No final da visita foi devolvida à Natureza uma gralha-preta (Corvus corone) que tinha ingressado após atropelamento.



O CERVAS agradece a visita e o apoio ao trabalho do centro e continua disponível para futuras parcerias.


O CERVAS participou no 2º EUVET na Escola Universitária Vasco da Gama em Coimbra


No dia 8 de Março de 2019 o CERVAS participou no 2º EUVET que decorreu na Escola Universitária Vasco da Gama (EUVG) em Coimbra, dedicado à Conservação da Fauna Silvestre.


Para além da palestra de apresentação do trabalho do centro, participaram neste seminário diversas entidades, como o CRAM (Carolina Bento), Cibio-UP (Nuno Santos), EUVG (Ana Pereira) ou o CRASM (Hugo Lopes).



Os temas abordados foram a recuperação de fauna marinha, doenças da fauna selvagem, com destaque para o lobo-ibérico, cirurgia em aves de rapina e a recuperação de fauna silvestre de uma forma geral, tendo como base o trabalho do CERVAS.


O CERVAS agradece à EUVG pelo convite e continua disponível para futuras acções em parceria. 

Palestras sobre Fauna Selvagem em escolas de Gouveia


No dia 28 de Fevereiro de 2019 o CERVAS dinamizou palestras para o 5º ano nas Escolas Básicas de Gouveia e Vila Nova de Tazem.



Estas acções foram solicitadas pelo Agrupamento de Escolas de Gouveia (AEG) e tiveram como objectivo divulgar algumas espécies de animais selvagens que existem em Gouveia e alguns dos locais do concelho onde podem ser observadas.



O CERVAS agradece ao AEG pelo convite e em especial aos alunos, professoras e professores envolvidos, pelo interesse no tema e apoio ao trabalho do centro.

Devoluções à Natureza durante a ExpoSerra 2019 em Gouveia


Entre 1 e 5 de Março de 2019 decorreu em Gouveia mais uma edição da ExpoSerra e, tal como nos anos anteriores, o CERVAS dinamizou um stand de divulgação do seu trabalho e da fauna selvagem da região da Serra da Estrela.


Foto: Município de Gouveia



No Dia Mundial da Vida Selvagem (3 de Março) o CERVAS recebeu visitas ao centro de alunos e professores de uma escola de Grândola e da Associação Reencontro com um grupo de representantes (ERASMUS+) de vários países da Europa em formação.



Durante estas visitas foram devolvidas à Natureza uma gralha-preta (Corvus corone) e um gaio (Garrulus glandarius) que estavam em recuperaçao no CERVAS.




Nos dias 4 e 5 foram ainda devolvidas à Natureza uma galinha-d´água (Gallinula chloropus) e uma garça-real (Ardea cinerea).



O CERVAS agradece ao Município de Gouveia e todas as entidades envolvidas na organização da ExpoSerra pela disponibilização do espaço de divulgação e a todas as pessoas e entidades que visitaram o centro e participaram nas acções de devolução à Natureza. 

8ª edição do Workshop de Aves Invernantes da Serra da Estrela


Nos dias 23 e 24 de Fevereiro de 2019 decorreu a 8ª edição do Workshop de Aves Invernantes da Serra da Estrela.








Durante o primeiro dia foram visitadas áreas agrícolas associadas a linhas de água em Seia (Baixa do Rio Seia e Aeródromo de Pinhanços) e Gouveia (Rio Mondego e Lagoas de Arcozelo) e no final da tarde decorreram palestras no CISE.




Na manhã seguinte foi realizada uma sessão de anilhagem de aves na zona florestal envolvente ao CISE, com o objectivo de divulgar esta técnica de estudo científico que é útil para conhecer vários aspectos da vida das aves, com destaque para as migrações e outros movimentos.





De seguida, ainda durante a manhã, o grupo partiu para zonas mais interiores da Serra da Estrela, como o Vale do Rossim e o Rio Zêzere em Manteigas.





Finalmente, durante a tarde, foi visitada a zona baixa da Covilhã (Ribeira de Corges, Quinta Branca) e finalmente a Torre, local onde terminou o evento.




No total foram registadas 75 espécies, o número mais elevado em todas as edições até ao momento, sendo de destacar espécies invernantes na Serra da Estrela como o dom-fafe (Pyrrhula pyrrhula) e a garça-branca-grande (Ardea alba) mas também espécies mais raras nesta época do ano, como o torcicolo (Jynx torquilla). 




O CERVAS agradece a colaboração e empenho do CISE / Município de Seia e Aldeias de Montanha em mais esta edição e continua interessado e disponível para próximas parcerias.