Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2020

Devolução à Natureza de 1 gavião na Escola Secundária de Gouveia


No dia 30 de Janeiro de 2020 foi devolvido à Natureza um gavião (Accipiter nisus) na Escola Secundária de Gouveia.



Esta acção foi promovida pela Associação de Estudantes e pelo Agrupamento de Escolas de Gouveia (no âmbito da celebração do Dia Escolar da Não Violência e da Paz), a quem o CERVAS agradece o convite e oportunidade.



A devolução à Natureza decorreu durante um intervalo das aulas, na presença de alunos, professores e funcionários, junto a uma zona florestal próxima da zona urbana, um habitat onde a espécie ocorre.




Devolução à Natureza de 1 águia-d´asa-redonda em Vouzela


No dia 25 de Janeiro de 2020 foi devolvida à Natureza uma águia-d´asa-redonda (Buteo buteo) em Campia, Vouzela.


Esta ave tinha sido recolhida por particulares junto à berma de uma estrada, possivelmente após ter sido atropelada e foi de imediato encaminhada para o CERVAS pelo SEPNA/GNR de Viseu.


No momento do ingresso verificou-se que a ave apresentava descoordenação motora e fractura na quilha, por isso o tratamento consistiu em repouso para recuperação das lesões neurológicas, alimentação adequada e treino de voo.


A devolução à Natureza decorreu numa zona florestal próxima de onde a ave tinha sido encontrada.


Devolução à Natureza de 1 gavião em Gouveia


No dia 18 de Janeiro de 2020 foi devolvido à Natureza um gavião (Accipiter nisus) em Gouveia.


Esta ave tinha sido vítima de colisão contra uma estrutura e apresentava descoordenação motora no momento do ingresso no CERVAS.


O processo de recuperação consistiu em repouso, alimentação adequada e treino de voo e a devolução à Natureza decorreu junto a uma área florestal onde a espécie ocorre.




Devolução à Natureza de um peneireiro-vulgar em Gouveia


No dia 28 de Dezembro de 2019 foi devolvido à Natureza um peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus) em Gouveia.


Esta ave tinha ingressado no CERVAS após colisão contra uma estrutura e o processo de recuperação consistiu em repouso para recuperação de lesões neurológicas, alimentação adequada e treino de voo e caça.


A devolução à Natureza do peneireiro-vulgar decorreu numa zona de matos e floresta, onde a espécie ocorre, tendo de imediato ocorrido interacção com outro indivíduo que se encontrava num local próximo.


Devolução à Natureza de 2 milhafres-reais


Nos dias 11 e 27 de Dezembro de 2019 foram devolvidos à Natureza dois milhafres-reais (Milvus milvus) que tinham ingressado no CERVAS no início do Outono, após colisão com linha eléctrica, ambos com uma fractura numa das asas.



Estas acções decorreram em Figueira de Castelo de Rodrigo, com a colaboração da Associação Transumância e Natureza (ATNatureza) que dinamizou uma acção de educação ambiental com uma escola local, e em Gouveia, durante uma visita ao CERVAS.




Ambas as aves foram marcadas com marcas alares por um especialista no seguimento de aves de rapina, Alfonso Godino, com o objectivo de se obter informação no futuro, caso as aves sejam observadas em liberdade.



O CERVAS agradece a colaboração de todas as entidades e pessoas envolvidas na recolha, encaminhamento, marcação e libertação dos milhafres-reais.