segunda-feira, 11 de julho de 2011

08 de Julho de 2011: Devoluções à natureza de um melro-preto e de um andorinhão-preto

08 de Julho de 2011, Sexta-feira
11:30 - Devolução à natureza de um melro-preto (Turdus merula)
Nas instalações do CERVAS em Gouveia

Este melro-preto é um animal juvenil e foi encontrado por um técnico do CERVAS junto a uma estrada. Eventualmente terá efectuado o seu primeiro voo e terá sido vítima de um atropelamento. No momento do seu ingresso não apresentava nenhuma lesão, mas demonstrava-se desorientado. A sua recuperação foi rápida e consistiu numa alimentação adequada e em treinos de voo.


No momento de devolução à natureza estiveram presentes cerca de 25 pessoas, na sua maioria turistas que se encontravam de passagem por Gouveia. O animal foi baptizado de 'Jeiko'.


A preceder a libertação o grupo de turistas que se encontrava no CERVAS teve a oportunidade de fazer uma visita guiada ao centro. Puderam ficar a conhecer a clínica e os procedimentos mais comuns na recuperação de um animal, o Kit de Educação Ambiental, e através do sistema de vídeo-vigilância puderam ver alguns animais e o enriquecimento ambiental das jaulas.


Esta espécie foi escolhida pelo CERVAS para Espécie do Mês de Junho. Fique a conhecer melhor este animal seguindo o link.

08 de Julho de 2011, Sexta-feira
18:30 - Devolução à natureza de um andorinhão-preto (Apus apus)
Mirante do Paixotão, Gouveia



Este animal foi encontrado por um particular após ter caído do ninho e foi entregue no CISE - Centro de Interpretação da Serra da Estrela que o encaminhou através do SEPNA-GNR de Gouveia até ao CERVAS. No momento do seu ingresso não apresentava qualquer lesão, pelo que a sua recuperação foi relativamente rápida. É de extrema importância neste processo fornecer a estes animais uma alimentação adequada, que permita um bom desenvolvimento corporal e um bom desenvolvimento das penas, já que estes são animais exímios no seu voo.



Durante a libertação do andorinhão-preto estiveram presentes cerca de 11 pessoas, entre as quais se encontravam técnicos, estagiários e voluntários do CERVAS. O andorinhão foi baptizado de 'Gicagdo'.


Sem comentários: