Devolução à Natureza de uma coruja-do-mato em Penalva de Alva


No dia 1 de Abril de 2014 foi devolvida à Natureza uma coruja-do-mato (Strix aluco) em Penalva de Alva, Oliveira do Hospital.


Depois de acções anteriores realizadas neste local em 2010 e em 2012, em que foram devolvidas à Natureza corujas-das-torres (Tyto alba) que tinham caído do ninho, desta vez tratou-se de uma coruja-do-mato que tinha sido encontrada no interior de uma habitação e recolhida por particulares que a encaminharam para o CERVAS através do SEPNA/GNR da Lousã.


No momento do ingresso no centro, no início de Março de 2014, não foram detectadas lesões mas a ave estava debilitada e com um peso abaixo do normal. O processo de recuperação foi rápido e consistiu em alimentação e posteriormente treino de voo e caça em conjunto com outras aves da mesma espécie.


Como a coruja tinha sido encontrada dentro da povoação a devolução à Natureza não teve lugar exactamente no mesmo local mas sim numa zona florestal relativamente próxima, que reunia as condições adequadas para a espécie.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

A empresa Alvespets apoia o CERVAS na recuperação de aves selvagens insectívoras

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Espécie do mês de Dezembro: Fuinha

24ª edição do Workshop Prático de Recuperação de Animais Silvestres decorreu na Escola Superior Agrária de Coimbra

O CERVAS recebeu a visita de estudantes de Medicina Veterinária da Escola Universitária Vasco da Gama

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto