quinta-feira, 24 de março de 2011

Visita do CERVAS às EB1 de Folgosinho, Melo, Arcozelo e Paços da Serra

No âmbito de um estágio curricular de Biologia da Universidade de Aveiro no CERVAS, têm sido desenvolvidas actividades nas escolas EB1 e Jardins de Infância do agrupamento de Gouveia, inserido no programa Eco-Escolas.

Uma das partes do estágio consiste em quatro visitas nas quais serão abordadas diferentes temáticas relacionadas com o trabalho do CERVAS. Estas acções decorrerão entre Março e Junho, uma por mês em cada escola, nas EB1 de Melo, Folgosinho, Paços da Serra e Arcozelo. As sessões estão adaptadas às idades do público-alvo, incluindo apresentações orais, actividades desenvolvidas pelas crianças e testes de diagnóstico. No final, as turmas repetem os testes, sendo desafiadas a apresentarem pequenos trabalhos sobre o tema da sessão daquele dia, na visita do mês seguinte.

Através da avaliação realizada aos alunos são recolhidos dados para tratamento estatístico e apresentação no relatório final do estágio, com o objectivo de estudar a forma como as mensagens têm sido transmitidas aos alunos, no sentido de continuamente se melhorar as acções de Educação Ambiental do CERVAS. A EB1 de S. Julião e os Jardins de Infância de Melo, Folgosinho, Arcozelo, Moimenta da Serra e Gouveia contarão também com uma visita do CERVAS no âmbito do estágio curricular, o que permitirá alargar o público-alvo.

No dia 14 de Março os 19 alunos da EB1 de Folgosinho e os 15 da EB1 de Melo receberam com entusiasmo a primeira sessão.


EB1 de Folgosinho


EB1 de Melo


A 17 de Março foi a vez da EB1 de Arcozelo, com 20 alunos e da EB1 de Paços da Serra, com 29 alunos receberem a mesma sessão.


EB1 Arcozelo


EB1 Paços da Serra


Nesta primeira visita as turmas aprenderam o que é o CERVAS, distinguiram animais domésticos de animais selvagens e ficaram a saber como proceder se encontrarem um animal selvagem ferido. No final da parte mais teórica os alunos participaram num pequeno teatro onde representaram todo o processo da recuperação dum animal selvagem que ingressa no CERVAS. Nesse teatro simularam o caminho que uma ave teve que percorrer desde que a encontraram ferida, após queda de uma árvore, passando pelo tratamento, até à sua devolução à natureza.
Foram dias muito gratificantes sobretudo na altura em que as perguntas chave eram respondidas correctamente e sem qualquer dúvida pelas crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 10 anos.

Sem comentários: