terça-feira, 24 de novembro de 2009

Libertações: 24 de Novembro de 2009

24 de Novembro de 2009, Terça-feira
Libertação de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
17:00 Cubos, Mangualde

Esta ave foi encontrada caída na linha de caminhos-de-ferro junto a estação de comboios de Cubos, Mangualde, depois de ter colidido contra um comboio. O particular que avistou o animal contactou com a equipa do SEPNA da GNR de Mangualde que o recolheu e encaminhou para o CERVAS. Apresentava fractura e lesões nos membros anteriores, resultantes do trauma provocado pela colisão. O seu processo de recuperação envolveu tratamento específico para as lesões que apresentava, assim como contacto com animais da mesma espécie e treinos de voo e caça.

Na libertação estiveram presentes cerca de 60 pessoas, na sua maioria crianças, e seus familiares, professores e auxiliares da Escola Básica do 1º Ciclo de Cubos, mas também representantes da autarquia local, na figura do Presidente da Junta, do Clube de Caça e Pesca de Mangualde, bem como alguns populares. A ave foi baptizada pelas crianças com o nome de "Maxi Cubos". Esta acção foi antecedida de uma oficina de educação ambiental.


Esta acção foi realizada no âmbito da II Semana da coruja-do-mato, que decorreu entre 23 e 27 de Novembro de 2009.



Libertação de um bufo-real (Bubo bubo)

19:00 Fornotelheiro, Celorico da Beira
Esta ave, um macho adulto, foi recolhido dentro do recinto da Escola Básica do 1º Ciclo de Celorico da Beira. Os soldados da GNR de Celorico da Beira que recolheram o animal entregaram-no à equipa do SEPNA da GNR da Guarda, que posteriormente o fizeram chegar até ao CERVAS. Na altura do seu ingresso esta ave encontrava-se bastante magra e com feridas nas asas. O seu processo de recuperação envolveu o tratamento das lesões, treinos de voo e caça, assim como o contacto com animais da mesma espécie.

Na libertação estiveram presentes cerca de 25 pessoas, sobretudo populares, mas também representantes da autarquia local e dos caçadores da região, que baptizaram a ave com o nome de "Mondego"

Sem comentários: