segunda-feira, 6 de julho de 2009

Libertações: 30 de Junho a 3 de Julho de 2009

30 de Junho de 2009, 3ª feira
Libertação de uma Coruja-do-mato (Strix aluco)
20h30, Manteigas
Ponto de encontro: Casa da Guarda Florestal de S. Sebastião
Acção dinamizada pelos Vigilantes do Parque Natural da Serra da Estrela, Manteigas

Esta Coruja-do-mato foi recolhida por um particular na Freguesia de São Pedro - Manteigas, no dia 13 de Março de 2009 e foi então entregue na delegação do Parque Natural da Serra da Estrela, em Manteigas. Tratava-se de uma pequena cria que terá caído do ninho antes de estar pronta para conseguir voar. A ave foi entregue pelos Vigilantes da Natureza do PNSE no CERVAS, onde sofreu o processo de recuperação que consistiu em alimentação adequada para que crescesse e aumentasse de peso, passagem pelo 1º processo de muda de penas e aprendizagem de voo e caça através do contacto com indivíduos adultos da mesma espécie.

Esta acção contou com a presença do responsável pela recolha da ave e de vários escuteiros do Agrupamento de S. Pedro - Manteigas, entre outros.

01 de Julho de 2009, 4ª feira
Libertação de uma Coruja-do-mato (Strix aluco)
20h30, Lagares da Beira, Oliveira do Hospital
Ponto de encontro: Cemitério de Lagares da Beira

Esta Coruja-do-mato foi recolhida por um particular, em Lagares da Beira - Oliveira do Hospital, no dia 4 de Maio de 2009. Tratava-se também de uma pequena cria que terá caído do ninho antes de estar pronta para conseguir voar. A ave foi encaminhada por um Médico Veterinário local para a Equipa do SEPNA de Gouveia e entregue no CERVAS, onde sofreu o processo de recuperação que consistiu em alimentação adequada para que crescesse e aumentasse de peso, passagem pelo 1º processo de muda de penas e aprendizagem de voo e caça através do contacto com indivíduos adultos da mesma espécie.

Esta acção contou com a presença dos responsáveis pela recolha da ave e de vários bombeiros dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, entre outros.

02 de Julho de 2009, 5ª feira
Libertação de uma Águia-de-asa-redonda (Buteo buteo)
17h00, Algodres, Figueira de Castelo Rodrigo
Acção inserida no Campo de Trabalho - Conservação de Aves Rupícolas na Reserva da Faia Brava, organizada pela ATN - Associação Transumância e Natureza.

Libertação de uma Coruja-do-mato (Strix aluco)
20h30, Sul, São Pedro do Sul
Ponto de encontro: Capela da Aldeia do Sul

Esta Coruja-do-mato foi apreendida no dia 17 de Abril pela equipa do SEPNA de Viseu por se encontrar em cativeiro ilegal na casa de um particular. Este tê-la-á recolhido à cerca de um ano, após queda do ninho, ainda cria, e mantido a ave em sua posse por desconhecimento de como deveria actuar. A ave foi então entregue por esta equipa da GNR no CERVAS, onde sofreu o processo de recuperação que consistiu em alimentação adequada para que aumentasse de peso e aprendizagem de voo e caça através do contacto com outras corujas da mesma espécie.

Esta acção contou com a presença e colaboração da senhora responsável pela recolha da ave e do presidente da Junta de Freguesia de Sul, entre outros.

Libertação de uma Águia-de-asa-redonda (Buteo buteo)
17h00, Alter do Chão - Portalegre
Acção dinamizada pelo Parque Natural da Serra de São Mamede
Esta Águia-de-asa-redonda juvenil foi encontrada por um particular na freguesia de Alter do Chão, no dia 19 de Maio. A ave foi recolhida pelo SEPNA de Portalegre e entregue no Parque Natural da Serra de São Mamede, de onde foi encaminhada para o CERVAS. Aqui sofreu o processo de recuperação que consistiu em alimentação adequada para que crescesse e aumentasse de peso, passagem pelo 1º processo de muda e aprendizagem de voo e caça através do contacto com indivíduos adultos da mesma espécie.

Libertação de um Mocho-galego (Athene noctua)
19h00, São Salvador de Aramenha, Marvão - Portalegre
Acção dinamizada pelo Parque Natural da Serra de São Mamede e inserida no programa EcoFérias


03 de Julho de 2009, 6ª feira
Libertação de uma Águia-de-asa-redonda (Buteo buteo)
Portalegre
Acção dinamizada pelo Parque Natural da Serra de São Mamede

Esta Águia-de-asa-redonda foi recolhida na pedreira de Alpalhão - Nisa, no dia 18 de Junho de 2008, pelo vigilante do Parque Natural da Serra de São Mamede, de onde foi encaminhada para o CERVAS. Apresentava lesões compatíveis com electrocussão, tendo 3 digitos da pata direita amputados. No centro sofreu o processo de recuperação que consistiu no tratamento das lesões, alimentação adequada para que aumentasse de peso e treinos de voo e caça, tendo-se verificado a sua capacidade para ser devolvida à Natureza apesar da ausência de uma pata funcional.

Sem comentários: