BARN — Conservação e Estudo da Distribuição e Ecologia de Aves de Rapina Nocturnas


BARN — Conservação e Estudo da Distribuição e Ecologia de Aves de Rapina Nocturnas é um projecto do CERVAS que está a ser desenvolvido numa primeira fase no concelho de Gouveia, mas tem como objectivo alargar a área de estudo para toda a zona da Serra da Estrela. As espécies alvo serão as que ocupam habitats agrossilvopastoris, ou seja, Coruja-das-torres (Tyto alba), Mocho-galego (Athene noctua), Coruja-do-mato (Strix aluco) e Mocho-d’orelhas (Otus scops). O projecto BARN tem como objectivos principais identificar e monitorizar os locais de presença e nidificação de aves de rapina nocturna, bem como potenciar a reprodução e fixação destas espécies através da colocação de caixas-ninho.


Este último objectivo é bastante importante, tendo em conta que estas espécies não constroem ninhos, mas sim ocupam cavidades de árvores e de construções humanas (torres de igrejas, celeiros, casas abandonadas, etc.), que são cada vez mais raros devido à pressão humana. Para complementar todo o processo de conservação das aves de rapina nocturnas é necessário que a população em geral esteja sensibilizada e para isso o projecto BARN terá uma forte componente de educação e sensibilização ambiental, com o intuito de suprimir mitos relacionados com as aves de rapina nocturnas e mostrar às populações locais a importância destas espécies no combate a pragas, nomeadamente, de roedores e insectos.

Lúcia Lopes e André Aguiar, Biólogos

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato e 1 andorinha-dos-beirais no campo de trabalho internacional na Villa Forest

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Devolução à Natureza de 1 bútio-vespeiro em Gouveia

Espécie do mês de Março: Coruja-das-torres

Devolução à Natureza de 1 águia-calçada em Barril de Alva, Arganil

Espécie do mês de Março: Morcego-anão

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Devolução à Natureza de 1 coruja-das-torres em Covas, Tábua.

Espécie do mês de Dezembro: Fuinha