13 e 14 de Setembro de 2011: Devolução à Natureza de 1 noitibó-cinzento, 1 grifo e 2 águias-cobreiras

13 de Setembro de 2011, Terça-feira
19:30, S. Pedro, Gouveia - devolução à Natureza de um noitibó-cinzento

Este noitibó-cinzento (Caprimulgus europaeus) foi encontrado por particulares no dia 25 de Julho e foi encaminhado para o CERVAS através do SEPNA-GNR de Montemor-o Velho e Reserva Natural do Paul da Arzila.


A ave apresentava uma fractura do metacarpo, a asa foi imobilizada e o processo de recuperação consistiu em repouso, alimentação adequada, fisioterapia e treino.


A devolução à Natureza foi realizada por técnicos do CERVAS numa zona de matos e campos agrícolas próxima a áreas florestais ao final da tarde.


14 de Setembro de 2011, Quarta-feira
10:00, Reserva Natural da Serra da Malcata - devolução à Natureza de um grifo.

Este grifo (Gyps fulvus) foi encontrado por um particular no dia 23 de Julho em Castro Daire, que o encaminhou para o CERVAS através do SEPNA/GNR-Viseu. A ave estava desnutrida mas não apresentava lesões e a recuperação consistiu em alimentação adequada e treinos de voo numa jaula de grandes dimensões.


A devolução à Natureza foi realizada numa zona próxima a um campo de alimentação de aves necrófagas, na Reserva Natural da Serra da Malcata, por técnicos desta área protegida e do Parque Natural da Serra da Estrela, a quem o CERVAS agradece o apoio no transporte e libertação do grifo.




14 de Setembro de 2011, Quarta-feira

11:00, Palhais, Trancoso - devolução à Natureza de duas águias-cobreiras.


Uma das águias-cobreiras (Circaetus gallicus) foi encontrada por dois habitantes da aldeia de Palhais, em Trancoso, no dia 28 de Agosto e apresentava extensas lesões traumáticas na cabeça e numa das asas. O processo de recuperação consistiu no tratamento das feridas, repouso, alimentação adequada à base de répteis - o principal alimento desta espécie - e posteriormente treino e musculação em jaulas de grandes dimensões, em contacto com outras aves.


No momento da libertação estavam presentes 13 pessoas, entre as quais as pessoas que encontraram a ave, o presidente da junta de freguesia de Palhais e outros habitantes locais, bem como técnicos e colaboradores do CERVAS.


Em simultâneo procedeu-se à devolução à Natureza de outra águia-cobreira que tinha sido recolhida no dia 27 de Julho após queda do ninho, sem lesões.



A devolução à Natureza de ambas as águias foi realizada numa zona de floresta próxima de lameiros, campos agrícolas, na periferia da aldeia onde uma delas tinha sido encontrada ferida.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

II passeio de observação de aves e devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Marmeleira, Mortágua.

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato no Festival Músicas do Bosque

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Devolução à Natureza de um tartaranhão-ruivo-dos-pauis na Figueira da Foz

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto

O CERVAS participou no Dia Eco-Escolas em Gouveia