sexta-feira, 22 de julho de 2011

21 e 22 de Julho de 2011: Devolução à natureza de sete aves selvagens

21 de Julho de 2011, Quinta-feira
16.30h - Devolução à natureza de uma águia-de-asa-redonda (Buteo buteo)
Escola Básica 2/3 do Mundão, Viseu

Esta ave foi encontrada por um particular num pinhal e estava desorientada, possivelmente terá fugido de cativeiro já que no momento do seu ingresso apresentava as penas de voo partidas e alguns sinais de domesticação. Foi encaminhada para o CERVAS através do SEPNA-GNR de Viseu. O seu processo de recuperação passou pela diminuição ao mínimo indispensável do contacto com humanos. Também esteve em contacto com animais da mesma espécie, de forma a adquirir alguns dos comportamentos específicos da espécie, e realizou treinos de voo e caça.


No momento de devolução à natureza deste animal encontravam-se cerca de 50 pessoas, entre as quais o ATL da EB 2/3 do Mundão, alunos e professores, a Direcção da Escola, agentes do SEPNA-GNR de Viseu e técnicos e voluntários do CERVAS. O animal foi baptizado de 'Foguete'.




18.00h - Devolução à natureza de duas cegonhas-brancas (Ciconia ciconia)
Mata Nacional do Choupal, Coimbra


Estas duas aves foram vítimas de queda do ninho. Foram encontradas por particulares e encaminhadas para o CERVAS através dos Vigilantes da Natureza da RNPA - Reserva Natural do Paúl de Arzila. O seu processo de recuperação passou por uma alimentação adequada, pelo contacto com animais da mesma espécie e treinos de voo. Durante o processo inicial foi de extrema importância a diminuição ao mínimo indispensável do contactos com humanos.

A devolução à natureza destas duas aves foi realizada pelos Vigilantes da Natureza da RNPA - Reserva Natural do Paúl de Arzila.

18.30h - Devolução à natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
Igreja Paroquial de Loureiro de Silgueiros, Viseu


Esta ave foi vítima de uma queda do ninho e encontrada por um particular. Posteriormente foi recolhida e encaminhada para o CERVAS pelo SEPNA-GNR de Viseu. No momento do seu ingresso não apresentava nenhuma lesão pelo que a sua recuperação passou por uma alimentação adequada, pelo contacto com animais da mesma espécie e também realizou treinos de voo e caça. Durante o processo foi de extrema importância a diminuição ao mínimo indispensável do contactos com humanos.


No momento de devolução à natureza desta coruja-do-mato estiveram presentes 11 pessoas, entre as quais agentes do SEPNA-GNR de Viseu, e representantes da Junta de Freguesia de Silgueiros e técnicos e voluntários do CERVAS. Esta ave foi baptizada de 'Felizarda'.




20.00h - Devolução à natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
Estádio Municipal de Nelas, Nelas



Este animal foi encontrado num pinhal, vítima de queda do ninho, e recolhido por um particular. Posteriormente foi encaminhado para o CERVAS por intermédio do SEPNA-GNR de Mangualde. No momento do seu ingresso a coruja apresentava boa condição corporal, estava bem hidratada e comia sozinha, o que permitiu logo à partida a diminuição ao mínimo indispensável da sua manipulação, evitando assim a sua domesticação. Posteriormente esteve em contacto com animais da mesma espécie e realizou treinos de voo e de caça.



No momento de devolução à natureza desta coruja-do-mato estiveram presentes 11 pessoas, entre as quais os senhores que tinham encontrado a coruja, o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Nelas, particulares e os técnicos e voluntários do CERVAS. O animal foi baptizado de 'Melican'.




22 de Julho de 2011, Sexta-feira
10:00 - Devolução à natureza de uma gralha-preta (Corvus corone)
CERVAS, Gouveia


Esta gralha-preta foi vítima de queda do ninho. Foi encontrada por um particular, recolhida pelo SEPNA-GNR de Gouveia e encaminhada para o centro de recuperação por técnicos do CERVAS. No momento do seu ingresso não apresentava nenhuma lesão, pelo que a sua recuperação passou por uma alimentação adequada e pela diminuição da sua manipulação de forma a evitar a domesticação. Numa fase posterior realizou treinos de voo e encontra-se agora pronta para regressar ao seu habitat natural.



No momento de devolução à natureza desta gralha-preta estiveram presentes 12 pessoas, turistas a visitar Gouveia, que baptizaram a ave de 'Porto'.


11.30h - Devolução à natureza de uma águia-de-asa-redonda (Buteo buteo)
Curral do Negro, Gouveia


Esta ave caiu do ninho e foi encontrada e encaminhada para o CERVAS por intermédio dos Vigilantes da Natureza . No momento do seu ingresso não apresentava lesões, pelo que a sua recuperação demonstrou-se fácil, tendo sido essencial a diminuição ao mínimo indispensável da sua manipulação, de forma a evitar a domesticação. Foi-lhe fornecida uma alimentação adequada e esteve em contacto com animais da mesma espécie. Realizou treinos de voo e caça.


Esta devolução à natureza foi realizada com o ATL de Stª Comba Dão que baptizou o animal de 'Flecha'. A seguir a esta actividade, os técnicos do CERVAS realizaram um passeio interpretativo do bosque do Curral do Negro.


Sem comentários: