Devolução à Natureza de 3 tartaranhões-caçadores que tinham sido resgatados por um agricultor de Nave Redonda, Figueira de Castelo Rodrigo.


No dia 26 de Julho de 2016 foram devolvidos à Natureza em Nave Redonda, Figueira de Castelo Rodrigo, 3 tartaranhões-caçadores (Circus pygargus) juvenis.



Estas 3 aves tinham sido recolhidas por um agricultor que as detectou durante o corte do cereal, após acidentalmente ter ferido uma outra que tinha ficado presa na máquina e que infelizmente acabou por não sobreviver ao trauma.



Após contacto com a Protecção Civil e recolha por parte do SEPNA/GNR de Vilar Formoso as aves foram entregues no CERVAS e o processo de recuperação consistiu em alimentação durante o período necessário para o desenvolvimento da plumagem, treino de voo e caça de presas vivas.



A devolução à Natureza decorreu no mesmo local onde as aves tinham sido encontradas na presença da família de agricultores que as recolheram e representantes da Associação Transumância e Natureza (ATN), Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e Vulture Conservation Foundation (VCF), organizações que estão a trabalhar em conjunto na região no âmbito do projecto LIFE Rupis, e a quem agradecemos a colaboração.


(Autora da foto: Franziska Loercher)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato no Festival Músicas do Bosque

Devolução à Natureza de 1 gaio na Mata da Cerca com o Club Camões

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Devolução à Natureza de um tartaranhão-ruivo-dos-pauis na Figueira da Foz

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto

II passeio de observação de aves e devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Marmeleira, Mortágua.