segunda-feira, 22 de junho de 2009

Saídas de Campo: Observação de Aves Selvagens

Desde o início de 2009 que a ALDEIA, no âmbito do seu trabalho no CERVAS, tem organizado diversas saídas de campo mensais para observação de aves selvagens no concelho de Gouveia. O objectivo das actividades é a divulgação da biodiversidade da região e a importância da sua promoção e preservação, tendo como elemento central as aves e os diferentes habitats que ocupam. Em 6 saídas de campo já foram observadas 78 espécies de aves, o que revela o grande potencial que a Serra da Estrela, e o concelho de Gouveia em particular, têm para o desenvolvimento de actividades de observação de aves. Futuramente, a associação pretende continuar a desenvolver estas actividades neste e noutros concelhos da região.


Espécies de aves observadas:

Garça-real, Ardea cinerea
Cegonha-branca,
Ciconia ciconia
Milhafre-preto,
Milvus migrans
Águia-cobreira,
Circaetus gallicus
Águia-caçadeira,
Circus pygargus
Açor,
Accipiter gentilis
Gavião,
Accipiter nisus
Águia-d’asa-redonda,
Buteo buteo
Águia-calçada,
Hieraaetus pennatus
Peneireiro, Falco tinnunculus
Ógea,
Falco subbuteo
Perdiz,
Alectoris rufa
Codorniz, Coturnix coturnix
Pombo-das-rochas,
Columba livia
Pombo-torcaz,
Columba palumbus
Rola-turca,
Streptopelia decaocto
Rola-brava,
Streptopelia turtur
Cuco,
Cuculus canorus
Coruja-das-torres, Tyto alba
Mocho-d’orelhas,
Otus scops
Mocho-galego,
Athene noctua
Coruja-do-mato,
Strix aluco
Andorinhão-preto, Apus apus
Guarda-rios,
Alcedo atthis
Poupa, Upupa epops
Abelharuco,
Merops apiaster
Pica-pau-malhado, Dendrocopos major
Pica-pau-galego, Dendrocopos minor
Cotovia-dos-bosques, Lullula arborea
Laverca,
Alauda arvensis
Andorinha-das-barreiras,
Riparia riparia
Andorinha-das-rochas, Ptyonoprogne rupestris
Andorinha-das-chaminés, Hirundo rustica
Andorinha-dáurica, Hirundo daurica
Andorinha-dos-beirais,
Delichon urbica
Alvéola-cinzenta, Motacilla cinerea
Alvéola-branca,
Motacilla alba & Motacilla alba yarrellii
Carriça,
Troglodytes troglodytes
Ferreirinha, Prunella modularis
Pisco-de-peito-ruivo,
Erithacus rubecula
Rouxinol,
Luscinia megarhynchos
Rabirruivo,
Phoenicurus ochruros
Cartaxo, Saxicola torquata
Melro, Turdus merula
Tordoveia, Turdus viscivorus
Toutinegra-dos-valados, Sylvia melanocephala
Toutinegra-de-barrete,
Sylvia atricapilla
Felosa-poliglota, Hippolais polyglotta
Felosa-de-papo-branco, Phylloscopus bonelli
Estrelinha-real,
Regulus ignicapillus
Papa-moscas,
Ficedula hypoleuca
Chapim-rabilongo,
Aegithalos caudatus
Chapim-de-poupa,
Parus cristatus
Chapim-carvoeiro,
Parus ater
Chapim-azul, Parus caeruleus
Chapim-real, Parus major
Trepadeira-azul, Sitta europaea
Trepadeira,
Certhia brachydactyla
Papa-figos, Oriolus oriolus
Picanço-real, Lanius meridionalis
Picanço-barreteiro,
Lanius senator
Gaio,
Garrulus glandarius
Charneco, Cyanopica cyana
Pega,
Pica pica
Gralha-preta,
Corvus corone
Corvo,
Corvus corax
Estorninho-preto,
Sturnus unicolor
Pardal,
Passer domesticus
Pardal-montês, Passer montanus
Tentilhão,
Fringilla coelebs
Milheirinha,
Serinus serinus
Verdilhão, Carduelis chloris
Pintassilgo, Carduelis carduelis
Pintarroxo,
Carduelis cannabina
Escrevedeira, Emberiza cirlus
Cia, Emberiza cia
Trigueirão, Miliaria calandra
Periquito-rabijunco, Psittacula krameri

1 comentário:

Artur disse...

Ando distraído! Só hoje vi o blogue! Informação essencial e template muito bem utilizado. Parabéns! Continuação do excelente trabalho.
Abraço.