Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2011

Próximas Saídas do Censo de Aves Invernantes em Gouveia

Na próxima Terça-feira (dia 1 de Março de 2011) será realizado um percurso (P22) que se localiza nas proximidades de Lagarinhos/Passarela. O ponto de encontro será na padaria "Mondeguinho", em Gouveia, pelas 07:30h da manhã. O regresso está previsto para depois das 14h ao mesmo local. O percurso tem aproximadamente 5,9 Km.



Na Quinta-feira (dia 3 de Março de 2011) será realizado um percurso (P6) que se localiza nas proximidades do Rio Mondego em Cativelos. O ponto de encontro será na padaria "Mondeguinho", em Gouveia, pelas 07:30h da manhã. O regresso está previsto para depois das 13:00h ao mesmo local. O percurso tem aproximadamente 4,0 Km.



Quem estiver interessado em participar neste censo, deverá enviar um e-mail para projectobarn@gmail.com ou contactar-nos através dos seguintes contactos telefónicos: 912 919 174 (Projecto BARN) ou 934 811 361 (André Aguiar).
As saídas poderão ser adiadas se as condições meteorológicas não forem favoráveis. Veja mais informações sobre o censo de aves invernantes aqui

Monitorização de Caixas-ninho - Fevereiro 2011

Na próxima segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011, o Projecto BARN do CERVAS irá realizar a primeira monitorização deste ano das caixas-ninho para aves de rapina nocturnas colocadas em 2009 e 2010 no concelho de Gouveia.


Esta primeira visita, será realizada antes do início da época reprodutora, e tem como objectivos principais a verificação do estado, manutenção e limpeza das caixas colocadas e ainda a detecção de algum problema relativo à sua instalação.

As visitas às diferentes caixas-ninho irão ser realizadas durante todo o dia (ver programa abaixo), sendo abertas à participação de quem desejar acompanhar-nos. Para isso agradecemos apenas a confirmação da presença através de um dos seguintes contactos: 912 919 174 (Projecto BARN), 962 714 492 (CERVAS) ou para o e-mail projectobarn@gmail.com.


Programa:

09h00 - Encontro no Posto de Turismo (Gouveia)
09h30 - Monitorização de caixas-ninho nas freguesias de S. Julião e Vinhó
13h00 - Pausa para Almoço no Parque da Sra. dos Verdes, Cativelos (almoço no campo)
14h00 - Continuação de Monitorização de caixas-ninho nas freguesias de Cativelos, V. N. de Tazem, Lagarinhos, Melo e Vinhó
18h30 - Fim dos trabalhos

Workshop Prático de Recuperação de Animais Silvestres, 12.ª Edição


O crescimento do interesse pela recuperação de animais silvestres em Portugal tem sido evidente nos últimos tempos. Por isso, a necessidade de formação que tem sido manifestada por técnicos, colaboradores e voluntários que trabalham ou pretendem trabalhar em recuperação de fauna silvestre em Portugal tem-se materializado numa grande adesão a diversos eventos relacionados com este tema que têm vindo a ser organizados no nosso país por diversas entidades.

Após 11 edições muito participadas, a ALDEIA organizou a 12ª edição do Workshop Prático de Recuperação de Animais Silvestres em Gouveia e Seia entre 18 e 20 de Fevereiro de 2011, com a colaboração do CERVAS e do CISE - Centro de Interpretação da Serra da Estrela.

No total de 26 participantes (incluindo convidados, formadores e organização), este ano o evento contou com a presença de 14 inscritos e 6 convidados do Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente (SEPNA-GNR).

O objectivo é continuar a dinamizar iniciativas que contribuam para dar resposta às exigências do trabalho que é desenvolvido nos centros de recuperação, que cada vez tem sido mais divulgado e que começa a ser considerado como uma importante ferramenta ao serviço da conservação da fauna silvestre portuguesa.


A organização gostaria de agradecer o apoio do CISE - Centro de Interpretação da Serra da Estrela, Águas da Serra da Estrela e restaurante “A Fonte” na realização desta actividade.

Saída de campo: Avifauna do Estuário do Douro

No passado sábado, dia 12 de fevereiro de 2011, realizou-se uma saída de campo para observação de avifauna no Estuário do Douro.


Grande parte do dia foi passado na Reserva Natural Local do Estuário do Douro (Canidelo, V. N. de Gaia), mas também foram realizados alguns pontos de observação em algumas praias de V. N. de Gaia (Pedras Amarela, Madalena e Senhor da Pedra). Durante a saída foram observadas 45 espécies de aves, a destacar, o merganso-de-poupa (Mergus serrator), a tarambola-cinzenta (Pluvialis squatarola), a gaivota-parda (Larus canus), a gaivota-de-bico-riscado (L. delawarensis), a gaivota-de-cabeça-preta (L. melanocephalus), o gaivotão-real (L. marinus) e a fuinha-dos-juncos (Cisticola juncidis).

Garça-branca-pequena (Egretta garzetta)


Guincho-comum (Chroicocephalus ridibundus)



Garça-real (Ardea cinerea)

Associação ALDEIA trabalhou com 1700 alunos das escolas de Gouveia em 2010

O contacto com a comunidade escolar local tem sido uma constante desde 2007, no âmbito do trabalho realizado no CERVAS.


Em 2010 a Associação ALDEIA realizou acções de educação ambiental para diferentes entidades, na sua maioria escolas, envolvendo cerca de 1700 alunos do concelho de Gouveia. Desde 2007 até à data foram realizadas cerca de 50 acções de sensibilização ambiental com as escolas onde estiveram envolvidas cerca de 3000 crianças. Estas acções passam pelas devoluções à natureza de animais recuperados no CERVAS, que são sempre introduzidas com uma palestra no campo onde se fala do trabalho realizado neste centro bem como do processo de recuperação e da ecologia do animal. Além disso os técnicos da ALDEIA/CERVAS deslocam-se às escolas para realização de palestras que abordam diferentes assuntos relacionados com a conservação da natureza e oficinas práticas em que se utiliza o Kit de Educação Ambiental do CERVAS.
No ano de 2010, por exemplo, os técnicos da ALDEIA/CERVAS dinamizaram uma aula para todas as turmas do 5º ano do Agrupamento de Escolas de Gouveia, onde foi introduzida parte da matéria que iria ser leccionada pelos professores, a locomoção dos animais.



Já para 2011 o CERVAS tem como objectivo consolidar o trabalho realizado junto das escolas do concelho de Gouveia, muito por força das constantes solicitações que vão chegando por parte de professores do agrupamento de escolas e até dos próprios alunos. Assim, o CERVAS apresentou propostas para várias actividades ao programa Eco-Escolas do Agrupamento de Escolas de Gouveia. Estas actividades serão realizadas com todas as escolas que aderiram ao programa, entre as quais Jardins de Infância, Escolas do 1º Ciclo, turmas do 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico e Secundário.

Gavião devolvido à Natureza em Sta. Comba Dão em Agosto de 2009 sobreviveu 526 dias

No dia 16 de Agosto de 2009 uma fêmea adulta de gavião (Accipiter nisus) tinha sido recolhida por um particular e entregue no CERVAS pelo SEPNA - Santa Comba Dão. A causa de ingresso terá sido trauma por colisão com alguma estrutura, mas durante o exame físico não foram detectadas lesões graves, pelo que o processo de recuperação da ave foi muito rápido, e baseou-se em alimentação, treino de voo e contacto com animais da mesma espécie.

Após 8 dias de recuperação o gavião foi devolvido à Natureza num local próximo daquele onde tinha sido encontrado numa acção em que estiveram presentes escuteiros do Agrupamento de Sta. Comba Dão, membros do EcoClube do Dão, elementos do SEPNA de Sta. Comba Dão e o particular que recolheu a ave.


Segundo as informações recolhidas pela Central Nacional de Anilhagem a ave foi encontrada morta, por colisão contra uma estrutura em vidro, no dia 1 de Fevereiro de 2011, ou seja, 526 dias depois do dia em que foi devolvida à Natureza, a uma distância de 28 km do local original.

A anilhagem das aves devolvidas à Natureza é uma ferramenta de grande importância para a avaliação dos processos de recuperação que são levados a cabo nos centros. A divulgação das acções de devolução à Natureza dos animais recuperados e a sensibilização das populações é muito relevante e contribui para uma maior capacidade de recolha de informações. Sempre que encontrar um animal anilhado, vivo ou morto, deverá entregá-lo às autoridades, que o encaminharão para um centro de recuperação de fauna selvagem.

08 de Fevereiro de 2011: Tour Europeu do Voluntariado 2011

No passado dia 8 de Fevereiro a Associação ALDEIA esteve representada no Tour Europeu do Voluntariado 2011, evento que já passou por diferentes países e que esteve agora em Lisboa, no Fórum Picoas, de 3 a 9 de Fevereiro. Este evento surge como uma celebração do Ano Europeu do Voluntariado e como uma forma de promoção do voluntariado e da troca de experiências entre voluntários e entre as instituições que os recebem.


No âmbito deste evento a Associação ALDEIA apresentou a experiência que tem vindo a adquirir na perspectiva do voluntariado e do voluntário, e a importância que o mesmo tem para o bom funcionamento das estruturas que se encontra a gerir, como é o caso do CERVAS - Centro de Ecologia, Rcuperação e Vigilância de Animais Selvagens - e do RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, estruturas que recebem vários voluntários ao longo do ano.

A Associação ALDEIA agradece a todos os voluntários que de uma forma ou de outra contribuíram para o bom funcionamento desta estrutura!

Seminário Nacional Eco-Escolas 2011

No passado dia 5 de Fevereiro o CERVAS, a convite da ABAE - Associação Bandeira Azul da Europa, participou no Seminário Nacional Eco-Escolas 2011 que teve lugar no Teatro Municipal da Guarda.


Durante o evento esteve em exposição na Eco-Mostra o Kit de Educação Ambiental CERVAS, onde os professores das diferentes escolas aderentes ao Programa Eco-Escolas puderam ficar a conhecer um pouco mais sobre o trabalho realizado num centro de recuperação, a importância da conservação da fauna selvagem autóctone e o papel dos centros de recuperação nesse contexto.


Durante a manhã os técnicos do CERVAS ainda fizeram uma comunicação inserida no Painel III do evento, onde foram apresentados os resultados e o tipo de acções para a Educação Ambiental feitas no âmbito do CERVAS, assim como os objectivos e metas para 2011.

O CERVAS agradece à ABAE o convite para a participação neste Seminário

Saída de campo: Avifauna do Baixo Vouga Lagunar e S. Jacinto

No passado fim-de-semana, 29 e 30 de Janeiro de 2011, foi realizada uma saída de campo para observação de avifauna na zona de Aveiro. Esta saída contou com a presença de 12 participantes tendo sido orientada por António Luís, professor de Ornitologia no Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro.


No sábado foram realizados alguns percursos na zona do Baixo Vouga Lagunar, em Salreu, Estarreja tendo sido observadas 54 espécies, de destacar o tartaranhão-azulado (Circus cyaneus), peneireiro-cinzento (Elanus caeruleus), narceja-comum (Gallinago gallinago), petinha-ribeirinha (Anthus spinoletta), tentilhão-montês (Fringilla montifringilla) e escrevedeira-dos-caniços (Emberiza schoeniclus).



No domingo foi percorrida parte da Reserva das Dunas de S. Jacinto, sendo de salientar dois pontos importantes de observação, o Molhe Norte da Barra e a Pateira. Neste dia foram observadas 37 espécies de aves, entre as quais o zarro-comum (Aythya ferina), mobelha-pequena (Gavia stellata), pilrito-escuro (Calidris maritima), moleiro-grande (Stercorarius skua) e torda-mergulheira (Alca torda).