Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2017

Devolução à Natureza de 1 águia-d´asa-redonda no X Festival da Castanha em Prados, Celorico da Beira


No dia 29 de Outubro de 2017 o CERVAS participou no X Festival da Castanha que decorreu em Prados, Celorico da Beira.


Através de uma parceria com o Município de Celorico da Beira o CERVAS dinamizou uma acção de sensibilização sobre cogumelos silvestres que consistiu numa breve saída de campo e num workshop de introdução à identificação de espécies.


No início da actividade foi devolvida à Natureza uma águia-d´asa-redonda (Buteo buteo) que esteve em recuperação no CERVAS após ter sido encontrada ferida numa das patas.


A acção decorreu numa zona agrícola na periferia da aldeia, junto a áreas florestais, num habitat adequado à espécie.


O CERVAS agradece ao Município de Celorico da Beira pelo apoio ao trabalho do centro e oportunidade de divulgação da biodiversidade da região e continua disponível para futuras acções em parceria.


Devolução à Natureza de 1 flamingo na ilha da Morraceira, Figueira da Foz


No dia 19 de Outubro de 2017 foi devolvido à Natureza um flamingo (Phoenicopterus roseus) na ilha da Morraceira, na Figueira da Foz.



Esta ave tinha sido encontrada próximo de habitações na zona do estuário do Mondego, rodeada por cães, e foi encaminhada para o CERVAS pelo ICNF. Verificou-se que o flamingo juvenil não apresentava lesões graves e por isso o processo de recuperação consistiu em alimentação e repouso.



A devolução à Natureza decorreu numa zona frequentada por vários grupos de flamingos, para facilitar a re-integração da ave num grupo da mesma espécie.



Devolução à Natureza de 1 coruja-das-torres na Covilhã com Os Heróis de Toda a Espécie


No dia 4 de Outubro de 2017 o CERVAS foi convidado pela REN para uma acção do projecto Heróis de Toda a Espécie que decorreu na Escola Básica de S. Domingos na Covilhã.





Este convite surgiu no âmbito da parceria que existe entre o CERVAS e a REN para dinamização de acções de educação ambiental, através da qual o centro tem contribuido com histórias de recuperação de animais selvagens.





No final da sessão de palestras e jogos para as crianças da escola dinamizadas pela equipa do Heróis de Toda a Espécie, o CERVAS apresentou o seu trabalho e devolveu à Natureza uma coruja-das-torres (Tyto alba) que tinha sido atropelada e encaminhada para o centro.





O CERVAS agradece à REN pelo convite, oportunidade de divulgação do centro e apoio ao seu trabalho e ao Agrupamento de Escolas e Município da Covilhã pela participação, deixando total disponibilidade para futuras acções em parceria.





Devolução à Natureza de 1 mocho-galego na Quinta da Espinhosa, em Vila Nova de Tazem


No dia 4 de Outubro de 2017 foi devolvido à Natureza um mocho-galego (Athene noctua) na Quinta da Espinhosa em Vila Nova de Tazem, Gouveia.



Esta ave tinha sido encontrada na berma da estrada e encaminhada por particulares para o SEPNA/GNR de Gouveia, que por sua vez a fez chegar ao CERVAS onde foi avaliado, tratado e preparado para a libertação.



A devolução à Natureza decorreu no último dia das vindimas na Quinta da Espinhosa, um importante parceiro do CERVAS que durante o ano de 2017 lançou o vinho Mocho-galego (tinto e branco), como forma de apoio ao trabalho do centro e de divulgação da importância das aves de rapina nocturnas no controlo das pragas da vinha.



O CERVAS agradece mais uma vez à Quinta da Epinhosa pelo apoio e continua disponível para futuras acções em parceria!



Devolução à Natureza de 1 ógea e de 1 águia-calçada em Gouveia


Nos dias 3 e 14 de Outubro de 2017 foram devolvidas à Natureza uma ógea (Falco subbuteo) e uma águia-calçada (Aquila pennata).




Este indivíduos terão sido provavelmente os últimos de espécies migratórias a ser devolvidos à Natureza em 2017, sendo de esperar que ainda consigam fazer a sua viagem para África.




Em ambos os casos as aves ingressaram no final do Verão, apresentavam fracturas nas asas e o processo de recuperação consistiu em tratamento das lesões e treino de voo. Todas as etapas foram cumpridas no mais curto espaço de tempo possível, de forma a conseguir devolver as aves à Natureza a tempo da migração.




Devolução à Natureza de 3 grifos em Pinhel


Nos dias 18 e 25 de Setembro e 2 de Outubro de 2017 foram devolvidos à Natureza 3 grifos (Gyps fulvus) em Pinhel.



Todos os grifos eram juvenis e ingressaram no CERVAS através do SEPNA/GNR após terem sido recolhidos debilitados.



Os processos de recuperação consistiram em alimentação, treino de voo e contacto com outros grifos para socialização.




As devoluções à Natureza decorrem num local próximo ao rio Côa, uma zona habitualmente frequentada por grifos.