Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2018

O CERVAS participou no XI Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina


Entre 22 e 24 de Junho de 2018 decorreu em Figueira de Castelo Rodrigo, no Parque Natural do Douro Internacional, a XI edição do Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, organizado pela Associação Transumância e Natureza (ATN).



Tal como em edições anteriores, o CERVAS participação com a apresentação de uma palestra sobre identificação de aves de rapinas nocturnas. De seguida, procedeu-se à devolução à Natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco) que tinha estado em recuperação no centro, antes da saída nocturna.

Autor da foto: Eduardo Realinho

Autor da foto: Eduardo Realinho



Nos dias seguintes o CERVAS colaborou na dinamização das saídas de campo para identificação de aves de rapina, que foram realizadas em ambos os lados da fronteira.




O CERVAS agradece à ATN por mais este convite e felicita a associação pela persistência na organização deste evento, que desde 2006 continua a contribuir para um maior conhecimento e valorização das aves de rapina de Portugal.




O CERVAS participou no Dia Eco-Escolas em Gouveia


No dia 19 de Junho decorreu em Gouveia a comemoração do Dia Eco-Escolas 2018.



Este evento foi organizado pelo Município de Gouveia e contou, como habitualmente, com a participação de várias entidades do concelho, incluindo o CERVAS.



Durante a manhã o CERVAS dinamizou um espaço onde apresentou às crianças e professoras algumas práticas que causam problemas ambientais e impacto negativo sobre a fauna selvagem e no final foi devolvida à Natureza uma andorinha-dos-beirais que tinha estado em recuperação no centro.



O CERVAS agradece mais este convite e oportunidade e continua disponível para futuras acções que contribuam para uma cada vez melhor Educação Ambiental da comunidade escolar de Gouveia.



Devolução à Natureza de um tartaranhão-ruivo-dos-pauis na Figueira da Foz


No dia 18 de Junho de 2018 foi devolvido à Natureza um tartaranhão-ruivo-dos-pauis (Circus aeruginosus) na Figueira da Foz, junto ao Núcleo Museológico do Sal (NMS).



Esta ave de rapina diurna muito associada a sapais e pauis com estatuto de conservação Vulnerável em Portugal foi encontrada por técnicos do NMS presa em redes e foi de imediato encaminhada para o CERVAS pelo SEPNA/GNR de Montemor-o-velho e vigilantes da Natureza do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.



No momento do ingresso no centro verificou-se que a ave apresentava lesões numa das asas derivadas do esforço e trauma a tentar libertar-se da rede e o processo de recuperação de cerca de 3 semanas consistiu em tratamento das lesões, treino de voo e musculação em contacto com outras aves de rapina diurnas.



O CERVAS agradece a todas as pessoas e entidades envolvidas na recuperação e encaminhamento da ave e também na organização da acção de devolução à Natureza, realizada a poucos metros do local onde o tartaranhão tinha sido encontrado, na presença de entidades locais e da Escola Básica de Santa Luzia.


II passeio de observação de aves e devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Marmeleira, Mortágua.


No dia 17 de Junho de 2018 decorreu o II passeio de observação de aves em Marmeleira, Mortágua.




Tal como no ano anterior esta actividade foi organizada pelo Raízes e Memórias - Espaço Museológico da Irmânia e contou com a participação de mais de 100 pessoas.




O principal objectivo foi divulgar a prática de observação de aves, permitindo à população local conhecer algumas das espécies existentes na aldeia, tendo sido possível registar 25, com particular destaque para as excelentes observações de aves de rapina como o bútio-vespeiro (Pernis apivorus).




No final da actividade foi devolvido à Natureza um milhafre-preto (Milvus migrans) que tinha estado em recuperação no CERVAS após ter sofrido um atropelamento que lhe provocou alterações neurológicas.




O CERVAS agradece ao Raízes e Memórias pelo convite, em especial ao João Tomás, e está disponível para futuras iniciativas em parceria.





III Workshop de Birdwatching / Observação de Aves em Carregal do Sal


No dia 16 de Junho de 2018 decorreu a III edição do Workshop de Birdwatching / Observação de Aves em Carregal do Sal.



Tal como as edições anteriores esta foi organizada pela Associação Cultural Folias e Tropelias e contou com a colaboração do CERVAS.




Durante a manhã foram visitados diversos locais do concelho de Carregal do Sal, com o objectivo de percorrer vários habitats, tendo sido possível registar 45 espécies de aves.




Durante a actividade foi ainda devolvida à Natureza uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum) que tinha estado em recuperação no CERVAS.


O CERVAS agradece à Associação Cultural Folias e Tropelias por mais este convite e continua disponível para futuras acções em parceria.


Saída de campo para observação de aves com a Universidade Sénior de Gouveia


No dia 15 de Junho de 2018 o CERVAS e a Universidade Sénior de Gouveia dinamizaram uma saída de campo para iniciação à observação de aves.


Esta acção foi organizada por iniciativa da própria Universidade Sénior, na sequência de uma palestra dedicada ao tema das Aves Nidificantes de Gouveia que tinha sido realizada alguns dias antes.


Durante cerca de 1h foram percorridos alguns habitats agrícolas, florestais e próximos de linhas de água, tendo sido possível registar cerca de 25 espécies de aves.


O CERVAS agradece o convite e está disponível para futuras actividades semelhantes que contribuam para um cada vez maior conhecimento da população local sobre a biodiversidade de Gouveia.