sexta-feira, 23 de março de 2012

19 e 21 de Março de 2012: Devolução à Natureza de 2 milhafres-pretos em Coimbra

No dia 19 de Março de 2012 a Associação ALDEIA/CERVAS realizou em Coimbra uma acção de informação sobre o trabalho do centro para alunos de Medicina Veterinária, numa iniciativa desenvolvida em parceria com a Escola Universitária Vasco da Gama (EUVG).


Após uma sessão teórica de cerca de uma hora, os alunos deslocaram-se para a Mata Nacional do Choupal para conhecer este espaço florestal e o polo de recepção de animais selvagens aí existente.

Foi realizada uma breve aula de campo onde foram apresentados alguns aspectos relacionados com a ecologia do milhafre-preto (Milvus migrans) e algumas das suas ameaças, bem como as principais características que permitem a sua identificação, aproveitando o facto de no local existir uma das maiores colónias da espécie no nosso país.

Esta ave tinha ingressado no CERVAS no Verão de 2011 após ter sido apreendida por uma equipa do SEPNA/GNR a um particular que a mantinha em cativeiro ilegal desde muito jovem e encaminhada para o centro através do Parque Natural da Serra da Estrela.


Durante o exame físico não foram detectadas lesões, a plumagem estava em melhores condições do que é normal quando os animais são resgatados de situações de cativeiro ilegal e não havia problemas comportamentais graves.

Após cerca de 9 meses de permanência no CERVAS onde esteve em contacto com outras aves de rapina para socialização e treino, o milhafre-preto foi devolvido à Natureza perante cerca de 45 pessoas, maioritariamente estudantes universitários, que lhe deram o nome de "Gama".






No dia 21 de Março, nas comemorações do Dia Mundial da Árvore / Dia Mundial da Floresta na Mata Nacional do Choupal, foi devolvido à Natureza outro milhafre-preto, a quem foi dado o nome de "Briosa".

Nesta acção estiveram presentes diversas entidades, sendo de destacar a participação do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Daniel Campelo, que libertou a ave, e da Presidente da AFN/ICNB, Paula Sarmento.

Sem comentários: