segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Libertaçoes: 12 de Agosto de 2010

12 de Agosto, Quinta-feira
09:00- Vale Madeira, Pinhel
Libertação de uma águia-de-asa-redonda (Buteo buteo)

Esta ave foi vítima de uma tentativa de abate ilegal, tendo sido encontrada por um particular e entregue à equipa do SEPNA de Vilar Formoso, que a encaminhou para o CERVAS. Na altura do seu ingresso neste centro, verificou-se que tinha uma fractura no metacarpo esquerdo, resultante do disparo. O seu processo de recuperação consistiu no tratamento das lesões, bem como em treinos de voo e de caça, e ainda no contacto com animais da mesma espécie.


No momento da sua devolução a natureza estiveram presentes cerca de 30 pessoas, entre as quais representantes da Junta de Freguesia de Vale Madeira, comunicação social local, Associação de Caçadores e diversos populares, que apadrinharam e baptizaram a ave com o nome de “Tobias”.


11:30 - Batocas, Aldeia da Ribeira, Sabugal
Libertação de uma águia-de-asa-redonda

Esta ave foi encontrada após a queda do ninho, durante o abate de árvores, tendo sido recolhida por um particular que a entregou à equipa do SEPNA da GNR da Guarda. Foi encaminhada para o CERVAS, onde se iniciou o seu processo de recuperação que consistiu em alimentação, de modo a que pudesse ter um desenvolvimento normal, para além de ter sido submetida a treinos de voo e de caça, e de ter estado em contacto com animais da mesma espécie, de modo a assegurar uma correcta aprendizagem dos comportamentos típicos.


Na sua devolução a natureza estiveram presentes cerca de 20 pessoas, entre as quais representantes da Câmara Municipal do Sabugal e comunicação social local, para alem de alguns populares, que baptizaram a ave com o nome “Batoquinhas”.


14:00 - Freguesia de Castelo Bom, Almeida
Libertação de uma águia-de-asa-redonda

Esta ave foi encontrada por um particular após ter sido atropelada, tendo sido entregue à equipa do SEPNA da GNR da Guarda, que a encaminhou para o CERVAS. Apresentava sintomas neurólogicos compatíveis com o atropelamento, e o seu processo de recuperação envolveu o tratamento das lesões, fisioterapia e, numa fase posterior, o contacto com animais da mesma espécie, bem como treinos de caça e de voo.


Na sua devolução a natureza participaram cerca de 30 pessoas, entre as quais representantes da Junta de Freguesia e de associações locais e de vários populares que baptizaram a ave com o nome de “Muralha".


15:00 - Miradouro da Sra. do Espinheiro, Seia
Libertação de uma águia-de-asa-redonda


Esta ave foi encontrada por um particular, após a mesma ter caído do ninho. O seu processo de recuperação no CERVAS seguiu todos os passos típicos na recuperação de animais juvenis, envolvendo a alimentação de modo a assegurar o normal desenvolvimento corporal e da plumagem, treinos de voo e de caça e ainda o contacto com animais da mesma espécie de modo a que pudesse adquirir os comportamentos típicos.

Na sua devolução a natureza participaram cerca de 70 pessoas, na sua maioria crianças e jovens. Esta libertação foi realizada em parceria com o ICNB, no ambito de uma acçao comemorativa do Ano Internacional da Biodiversidade.

16:00 - Figueira de Castelo Rodrigo
Libertação de uma águia-de-asa-redonda

Esta ave foi encontrada por um particular que recolheu a ave e a entregou a um técnico do Parque Natural do Douro Internacional. A ave chegou ao CERVAS por intermédio da equipa do SEPNA da GNR de Vilar Formoso. As lesões que apresentava indicavam a existência de um trauma, ainda que a sua origem fosse desconhecida, pelo que o processo de recuperação consistiu no tratamento das mesmas, em treinos de voo e de caça e ainda no contacto com animais da mesma espécie.


Na sua devolução a natureza participaram cerca de 20 pessoas, na sua maioria participantes do Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, promovido pela ALDEIA.

Sem comentários: