Apoie o trabalho do CERVAS! Faça um donativo para o NIB: 003503540003190733089 (Caixa Geral de Depósitos de Gouveia), ou apadrinhe um animal em recuperação.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Apadrinhe uma cria!


Como em anos anteriores o CERVAS começa a receber por esta altura, as primeiras crias da época 2015.

Você poderá ter um papel crucial na recuperação destas crias através do seu apadrinhamento!


Quando são encontradas crias de animais selvagens, estas só deveriam ser encaminhadas para um centro de recuperação se se considerar que o local apresenta riscos para os animais (ex: predação, atropelamento, etc...), caso contrário não se deveria intervir, uma vez que os progenitores se mantêm por perto e continuam a assegurar os cuidados parentais. Se for tomada a opção de recolher o animal este não deve ser sujeito a contacto com humanos e deve ser encaminhado imediatamente para um centro onde será feita a avaliação e a recuperação para posterior devolução à natureza.

Actualmente o CERVAS conta já com crias de coruja-do-mato, raposa, bufo-real e coruja-das-torres que poderá apadrinhar e assim acompanhar todo o seu processo de recuperação e crescimento!


Se quiser ajudar na recuperação destas crias pode fazê-lo através da campanha de apadrinhamentos e terá assim a oportunidade de acompanhar o seu desenvolvimento, solicitando informações e fotografias sempre que desejar. No final de todo o processo de recuperação será convidado a devolver o animal apadrinhado à natureza (por norma o local de devolução à natureza do animal ocorre na zona onde este foi encontrado).

Descarregue a ficha de apadrinhamento AQUI!

Veja outros animais para apadrinhar AQUI!


Em que consiste o apadrinhamento?

O apadrinhamento de animais selvagens em recuperação no CERVAS consiste numa contribuição simbólica única e com a qual estará a contribuir de forma decisiva na melhoria das condições dos animais em recuperação neste centro.

O que recebem os padrinhos?

Todos os padrinhos que apadrinhem um animal selvagem em recuperação no CERVAS receberão um certificado de apadrinhamento, um boletim informativo a respeito da espécie apadrinhada, fotografias do afilhado(a) e ainda, terá a possibilidade de assistir à sua devolução à Natureza (se tal for possível no final do processo de recuperação).

Nota: os valores indicados referem-se a apadrinhamento individual/particular. Caso pretenda ceder apoios através de uma instituição / empresa, os valores mínimos serão de 250€ para qualquer espécie indicada anteriormente (podendo ser deduzidos no IRS ao abrigo da lei do mecenato ambiental).

Formas de pagamento:

CHEQUE: Em nome de Associação ALDEIA enviado juntamente com a ficha de inscrição para a morada em cima mencionada.

TRANSFERÊNCIA*: NIB: 003503540003190733089 (Caixa Geral de Depósitos de Gouveia)

* Enviar comprovativo de transferência por correio para a morada acima indicada, ou por correio electrónico para cervas.pnse@gmail.com

Sem comentários: