Devolução à Natureza de 2 corujas-das-torres em Pêra do Moço, Guarda


No dia 21 de Agosto de 2014 foram devolvidas à Natureza duas corujas-das-torres (Tyto alba) em Pêra do Moço, Guarda.


Estas aves tinha nascido num ninho na igreja da aldeia mas algumas pessoas terão manifestado desconforto com a sujidade causada pelas aves e contactaram o SEPNA/GNR da Guarda que as recolheu e encaminhou para o CERVAS.


Nenhuma das corujas apresentava lesões e o processo de recuperação consistiu em alimentação e treino de voo e caça em contacto com outras aves da mesma espécie e de diferentes idades.


Uma vez terminado o processo de recuperação foram contactadas as pessoas da aldeia de Pêra do Moço, com a colaboração da Quercus da Guarda no sentido de organizar uma acção de sensibilização da população para maior conhecimento da importância da coruja-das-torres naquela aldeia.


A receptividade foi excelente e dezenas de habitantes locais compareceram para conhecer melhor a espécie e para devolverem à Natureza as duas aves juvenis, junto à igreja, pelas quais manifestaram um grande carinho.


Após a libertação das corujas os técnicos do CERVAS verificaram as condições do ninho e deixaram algumas propostas no sentido de compatibilizar a presença das corujas-das-torres na igreja com a necessária limpeza do local.


O CERVAS agradece à população da Pêra do Moço pelo interesse e amabilidade e à Quercus da Guarda pelo apoio na organização da acção. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

II passeio de observação de aves e devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Marmeleira, Mortágua.

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato no Festival Músicas do Bosque

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Devolução à Natureza de um tartaranhão-ruivo-dos-pauis na Figueira da Foz

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto

O CERVAS participou no Dia Eco-Escolas em Gouveia