Projecto BARN: Censo de Aves Invernantes nas Áreas Agrícolas e Agro-florestais de Gouveia

De Novembro de 2010 até ao início de Março de 2011 o Projecto BARN do CERVAS/ALDEIA, realiza um censo de aves invernantes nas áreas menos elevadas do concelho de Gouveia, predominantemente constituídas por uma paisagem agrícola e agro-florestal. O objectivo do censo é aumentar o conhecimento das aves que ocorrem durante o Inverno nestas áreas, nomeadamente as espécies presentes, a distribuição e a abundância das mesmas. A influência da Serra da Estrela sobre a área de estudo poderá levar à ocorrência, a baixas altitudes (inferior a 1000 metros), de espécies que não se encontram noutras regiões do País mas que ocorrem regularmente no Inverno na Serra da Estrela.

As metodologias escolhidas são baseadas nos métodos de contagem de aves por pontos e contagem de aves por transeptos, estes últimos agrupados em percursos. Assim, foram seleccionadas 6 quadrículas 5x5 km, perfazendo um total de 150 quadrículas 1x1 km, cobrindo a maior parte das áreas agrícolas e agro-florestais de Gouveia. Em cada quadrícula 5x5 km foram estipulados 5 percursos (que ligam 5 pontos de amostragem) e 150 pontos de amostragem (um ponto de amostragem por cada uma das quadrículas 1x1 km). O tempo de permanência em cada ponto de amostragem é de 15 minutos. O ritmo de caminhada nos transeptos será, sempre que possível, constante e relativamente lento. Os percursos terão em média 5,5 km de comprimento e demorarão cerca de 5 horas.

As datas das saídas vão sendo publicadas neste blogue e caso esteja interessado em participar neste censo, deverá enviar um e-mail para projectobarn@gmail.com ou contactar-nos através dos seguintes contactos telefónicos: 912 919 174 (Projecto BARN) ou 934 811 361 (André Aguiar).

Veja as datas das próximas saídas aqui

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

Devolução à Natureza de 1 coruja-do-mato no Festival Músicas do Bosque

II passeio de observação de aves e devolução à Natureza de 1 milhafre-preto em Marmeleira, Mortágua.

Devolução à Natureza de 1 gaio na Mata da Cerca com o Club Camões

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Devolução à Natureza de um tartaranhão-ruivo-dos-pauis na Figueira da Foz

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto